CNA

certificado

TALENT         |         CNA         |         BARRY COMPANY 

I

INTRO

Primeiramente, gostaríamos de dizer que as peças são muito divertidas e que estamos bem empolgados para fazer parte deste trabalho.

A cada nova lida nos roteiros, acreditamos mais que podemos contribuir para dar vida à narrativa criativa, construindo uma linguagem bem marcante.

roteiros

R

Apesar de serem peças para targets diferentes, em que precisamos respeitar suas especificidades, queremos que tudo tenha uma mesma linguagem, onde teremos os roteiros de 30” como sendo base para todos os outros materiais.

LINGUAGEM

Queremos que os filmes tragam um tom de “exagero dentro do real”, como em algumas cenas nos roteiros (montanha de apostilas e chuva torrencial no ponto-de-ônibus). Para isso, faremos as cenas com uma certa estranheza, um certo excesso, mas sem grandes efeitos, para não esbarrar no surrealismo.

l

Por exemplo, na cena do aluno que está arrumado, debaixo do cobertor, queremos fazer a cama apoiada na parede, como se ele já dormisse em pé, pronto para a aula. E ele simplesmente deixa o cobertor cair, revelando que está arrumado, como na referência ao lado.

Na cena em que o aluno está no tobogã, queremos mostrar ele escorregando, com o certificado, e fazer um corte para fora do tobogã, mostrando que é um tobogã gigantesco, como na referência.

Na cena do aluno que estuda em casa, enquanto os amigos jogam vídeo game, queremos fazer não só os amigos olharem estranho para ele, mas também os personagens dentro do jogo, como da referência abaixo.

mood

Todas as identidades visuais precisam contribuir para trazer esse absurdo dentro do real. Por isso, queremos que locação, direção de arte, figurino, maquiagem e fotografia sejam elaborados para marcarem bastante presença.

Inclusive, na cena de abertura, enquanto o certificado gira todo iluminado, em primeiro plano, podemos ter, ao fundo, uma “estante das conquistas”, com troféus variados, canudo da faculdade e capelo da formatura, guitarra autografada, foto importante, etc.

C

O objetivo da câmera é estar presente na cena, sempre nos ajudando a contar a história, e não apenas a observando. Para isso, buscaremos, em todos os planos, uma participação significativa da câmera, que conduza o olhar para o que for mais importante. Queremos que ela aproxime e que pare, ao ser flagrada pelo protagonista. Queremos que recue, quando for necessário. Queremos que molhe, que trema, tudo de acordo com a proposta de cada cena.

cinematografia

C

Quando o personagem estiver mostrando o certificado, podemos fazer uma aproximação com um movimento de trilho e simultaneamente uma abertura de lente, criando um paralaxe na cena, distorcendo o fundo e chamando a atenção para o protagonista que está com o certificado no centro. 

PERSONAGENS

As nossas histórias dependem muito de atores que imprimam personalidade, que sejam icônicos, tanto no físico quanto no acting. Como eles não cantam junto com o coro, suas expressões precisam passar exatamente o que cada certificado quer dizer.

P

salas cna

Já que a ideia é reproduzir as salas da CNA em estúdio, iremos nos aproveitar disso para produzir os espaços com dimensões um pouco maiores que as reais. Assim, conseguiremos fazer planos mais abertos, ter espaços para iluminar e para movimentar a câmera.

Pretendemos estar cobertos com três espaços, uma sala cinza padrão, um lounge amarelo e uma sala kids. Todos estarão juntos, assim podemos enquadrar o lounge com as salas ao fundo e vice-e-versa.

TRILHA E LOCUÇÃO

Estamos metendo o nosso bedelho em trilha e locução, porque acreditamos que as duas coisas são cruciais para o ritmo e tom do filme. 

A trilha precisa ter uma continuidade para que possa tanto ser pontuada pelo coro quanto servir de cama para o locutor, que, por sua vez, deve ser um personagem dentro dos filmes. Pensamos muito nesse locutor como um monitor de acampamento, um instrutor dos escoteiros, que fala sempre muito bem ritmado sobre o compasso marcial da trilha, mas também introduz uma personalidade irônica aqui e ali.

GRACIAS

GRACIAS